Congresso da ADLAF 2021

Conhecimento, poder e transformação digital na América Latina

entre 23 de junho e 2 de julho de 2021, durante um total de seis dias em forma virtual. O evento de lançamento ocorrerá no dia 23 de junho a partir das 17h00. Nos dias 24, 25 e 30 de junho e nos dias 1 e 2 de julho, dois painéis científicos serão realizados entre 15 e 19 horas cada dia.

Lidar com o recurso do conhecimento é um dos assuntos mais controversos e discutidos do nosso tempo. Os debates e conflitos globais sobre usabilidade, transferência, monopolização, democratização e diversificação dos saberes sempre se referem a questões de poder social, político e econômico. Assim, as novas tecnologias e formatos mediáticos permitem, por um lado, um melhor acesso ao conhecimento como recurso e, portanto, um maior grau de participação política e social de setores mais amplos da população. Ao mesmo tempo, a valorização do conhecimento pelas corporações globais, por exemplo, através da aquisição (ilegal) de dados ou da reivindicação e aplicação dos direitos de propriedade intelectual, promove a formação de monopólios do saber que servem fins comerciais e exacerbam as desigualdades sociais.

A conferência interdisciplinar se concentrará em dois aspetos destas questões. Por um lado, estamos preocupados com os efeitos da digitalização e sua utilização por atores e instituições sociais e políticas. Por outro lado, estamos interessados no crescente questionamento das epistemologias e políticas de conhecimento estabelecidas centradas na Europa, o que exige uma maior consideração pela diversidade cultural e linguística das sociedades latino-americanas.

Três áreas temáticas determinam o programa científico da conferência. A primeira área temática, “Conhecimento, meios e poder”, examina como os atores sociais e políticos na América Latina lidam com o conhecimento e até que ponto a transformação digital traz mudanças no poder, por exemplo, em termos de democratização, trabalho, escopo de ação dos atores da sociedade civil, diversidade e controle de opinião, política de segurança ou tratamento de grandes dados. A segunda área temática, “Dinâmicas do conhecimento”, trata dos processos de produção, apropriação, tradução e adaptação do conhecimento. Isto inclui a relação entre o conhecimento acadêmico ou global e o conhecimento tradicional ou indígena, mas também a conexão entre a valorização ou monopolização do conhecimento e a desigualdade social. Outra questão central é o papel das instituições culturais, tais como museus, bibliotecas e arquivos, na produção do conhecimento. A terceira área temática, “Transferência de conhecimento”, examinará as dimensões culturais e históricas da produção, disseminação e apropriação do conhecimento na América Latina. Isto inclui projetos e contra-projetos literários e artísticos relacionados aos dispositivos de conhecimento e poder que se manifestam na atual produção latino-americana, assim como as políticas de história e memória e o tratamento do patrimônio cultural.

 

Inscrição

Nota geral sobre a inscrição

Os e as participantes da conferência e pessoas interessadas devem se inscrever individualmente para cada dia em que desejarem participar de uma ou mais eventos do programa. O registro é válido por todo o dia e permite a participação em todas as atividades daquele dia. Os palestrantes e participantes das discussões serão automaticamente registrados no dia de sua apresentação ou contribuição e não terão que se registrar pessoalmente. Um lembrete importante sobre o registro: você deve CONFIRMAR seu registro após receber um e-mail.

 

Evento de abertura, 23.6.2021

Para o evento de abertura da conferência sobre “Democracia e Digitalização – Perspectivas da América Latina” em 23.6.2021, 16:46-19:30, favor registrar-se aqui.

 

Painéis científicos, 24.6.-2.7.2021

Para os painéis científicos da conferência em 24.6., 25.6., 30.6., 1.7. e 2.7.2021, inscreva-se aqui.

 

Nota

Os dados de registro serão compartilhados de forma anônima com os co-organizadores do Congresso ADLAF 2021.

Arbeitsgemeinschaft Deutsche Lateinamerikaforschung (ADLAF), Hanns-Seidel-Stiftung, Ibero-Amerikanisches Institut, Friedrich-Ebert-Stiftung, Heinrich-Böll-Stiftung, Konrad-Adenauer-Stiftung